Book Rosa.. Vou fazer o meu!

Não sou de ver novela, na verdade não gosto nem um pouco, mas é impossível não saber sobre esse tal 'book rosa' (Uma espécie de prostituição de luxo). É o assunto do momento! A diferença entre um dia de trabalho comum e algumas horas de 'book rosa' parece ser gritante, mas até aonde isso é realmente vantajoso?

Pelo aspecto financeiro parece ser excelente, ganhar rios de dinheiro, poder comprar tudo que deseja, viajar o mundo e fazer tudo o que o dinheiro possa proporcionar, mas talvez não seja um trabalho recompensador. (Digo talvez, porque tem louco pra tudo!) Perceba que não tenho nada contra, acredito que cada um faz com o seu corpo o que bem deseja, inclusive submeter o mesmo aos riscos que com certeza vão se materializar em algum momento.

O ponto que me intriga nesse assunto é a quantidade de dinheiro envolvido. (Acho que nem a operação Lava-Jato ganha hein!) As pessoas se deixam levar por valores que talvez não justifiquem o ganho e com isso o custo benefício desse tipo de empreendimento pode ser bem abaixo do esperado. (Dinheiro que vem fácil, vai fácil!)


Será que rola um book azul?
Imagem adaptada do site: http://www.educacao.diadema.sp.gov.br/

Apesar de todos os pontos contras já estabelecidos pela sociedade como um todo, há o ponto financeiro e é esse ponto que me instigou a escrever sobre isso. Aonde podemos encontrar um trabalho remunerado que não precise de estudo e que pode oferecer um valor muito acima de qualquer ganho em qualquer área? (Pode ser que nem toda pessoa que se sujeite a esse tipo de ação ganhe bem, como também existe o fato de que atributos físicos moderam o valor a ser cobrado)

É bem triste ver que as possibilidades se distorcem ao ponto de desviar as pessoas do que almejavam no início de um trabalho, resultando em prostituição. (Pra mim é só uma forma ruim de pular etapas que entendo como importantíssimas, a fim de alcançar o 'sucesso') Acredito que nem todos os eventos levem a esse tipo de 'solução', mas quando o fazem, buscam o enriquecimento ou a fama, simplesmente. Tenho minhas convicções de que não são poucas as pessoas que se sujeitam ou sujeitariam a coisas que em algum momento acreditavam que não fariam parte de suas vidas em troca de riqueza. O mais importante é o como, o fim só é resultado daquilo que realizamos! (Não sei se essa frase tem haver, mas vou deixar, ficou bonito demais.. que poeta hein!)

O fato é que esse negócio dá dinheiro, muito dinheiro, com o detalhe de ser em pouco tempo. Gostaria de lembrar que como todo investimento, o retorno é proporcional ao risco e ainda não encontrei um investimento que tivesse esse tipo de remuneração no pouco tempo, com investimento inicial igual a zero e risco baixo, aliás nem deve existir. Trabalho então nem se fala! Sempre ouvi que quem trabalha não tem tempo pra ganhar dinheiro, talvez esse 'book rosa' desminta isso um pouco, afinal é ou não é um nome moderno para a profissão mais antiga do mundo?

Eu não sei se basta uma oportunidade, mas já tô vendo umas fotos pra fazer o meu book azul, vai que as coroas curtem né!? Será que existe book azul?

3 comentários:

  1. Na minha opiniao,.esse e um bom exemplo de como o estudo e a educaçao sao desvalorizados em noso pais.. Galera larga faculdade pra dançar d bumbum d fora.. O q pode ser similar ao book rosa, e ganha horrores. Enquanto o pobre funcionario celetista ou autonomo trabalhador, e etc, se mata pra ganhar merrequinha... Q diremos dos servidores e suas greves... :( Azul e uma cor mt bonita.. Entao pra mim, e o livro que representaria a eduacaçao q em mts paises ai fora sao mais valorizados e recompensados.. De fato o q vm facil, vai facil e mts x te leva junto... Ainda bm q este blog mostra justamente o qnt e bom ter a paciencia d poupar .. :) bjx

    ResponderExcluir
  2. Pra quem ganha uma desgraça de um salário mínimo em uma empresa merda, onde somos humilhadas e nao temos voz e muito menos direito a algo. Assim fica minha opinião se eu tiver a chance de fazer um book rosa farei de boa.

    ResponderExcluir

Me diga o que achou.. comente!