O milagre das LCI e LCA

Em tempos de juros altos e despesas mais altas ainda por causa de inflação e de desemprego, quem tem um dinheirinho sobrando (Pausa breve para risadas e gargalhadas) pode encontrar nas LCI e LCA (LCI - Letras de Crédito Imobiliário e LCA - Letras de Crédito do Agronegócio) fontes de retorno bem agradáveis. Sim, elas ganham e muito daquele fundo que o banco te ofereceu e mais ainda da poupança. Além disso, são isentas de imposto de renda, um verdadeiro milagre! (É isso mesmo, não tem imposto!)

As letras de crédito são investimentos de curto prazo, podendo partir do prazo mínimo de 1 ano de investimento. São ótimas opções para diversificação de ativos e para rentabilizar o dinheiro, criando montantes que possam servir para um investimento maior (Que exija um aporte inicial mais alto) ou até mesmo para simplesmente ter um retorno maior do que a poupança sem mudar a faixa de risco.

Fonte: Imagem montada pelo autor

Com o investimento realizado numa LCA ou LCI, o investidor estará influenciando nos créditos disponíveis para o agronegócio ou para as atividades relacionadas aos imóveis, como por exemplo: crédito para safras de soja e crédito para construção de novas moradias. Com o vencimento do ativo, o banco subtrai a parte dele e paga o investidor, devolvendo o capital investido mais os juros acordados no ato da compra do ativo.

Simplificando as Letras de Crédito:

As letras de crédito são investimentos direcionados para o setor imobiliário ou do agronegócio e são indicadas para pessoas com perfil conservador, contam com a proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) até um valor de R$250.000,00 e possuem isenção do imposto de renda. Possuem valor mínimo de investimento (O menor que vi foi R$1.000,00) e não possuem alta *liquidez, por isso é importante investir um valor que tenha certeza que não precisará até que o período de investimento determine.

* Liquidez é a capacidade de transformar um ativo em dinheiro.

Vale a pena investir nas letras de crédito, diversificar os investimentos e ainda ajudar o país a crescer!

Para saber um pouco mais sobre o Fundo Garantidor de Crédito:
http://www.fgc.org.br/?ci_menu=20&conteudo=1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me diga o que achou.. comente!