Livro: A Sociedade da Fortuna



Imagem retirada do site: 
www.skoob.com.br/ 



Minha indicação:   Todos os públicos
Minha avaliação:       

Sinopse:
   A Sociedade da Fortuna conta a história da família Bezerra e seus problemas financeiros: dívidas, entrar no cheque especial, fazer compras por impulso, brigas causadas pelo dinheiro… Todas as situações que são corriqueiras para muitos brasileiros, infelizmente. É isso que os leitores vão descobrir no romance que ensina lições de educação financeira com uma linguagem simples e divertida. Porém, certo dia, Lucas Bezerra, o garoto de 14 anos, conhece um membro da Sociedade da Fortuna, que lhe propõe um desafio que pode salvar a família Bezerra de seus problemas financeiros. Lucas terá pouco tempo para desvendar segredos, vivenciar experiências fantásticas e conhecer um novo mundo. Caso tenha sucesso, conseguirá entrar para a Sociedade e descobrirá a verdade sobre o dinheiro. Fugindo dos termos rebuscados dos livros de finanças, A Sociedade da Fortuna é uma aventura que traça um verdadeiro mapa do que acontece com as finanças das famílias brasileiras. O livro fornece, de forma didática, um método para lidar melhor com o dinheiro. O que aconteceria se um garoto, aborrecido com as brigas familiares causadas por problemas financeiros, descobrisse uma sociedade que guarda os segredos do dinheiro?

Outra informação:  Esse não é um livro técnico!

O livro "A Sociedade da Fortuna", escrito por Fábio de Almeida Lopes Araújo, se traduz numa literatura muito didática, simples, incompleta no sentido de que há a necessidade de continuar procurando sobre o tema e aprender mais, mas direto e envolvente.

É complicado passar pelos conceitos de finanças de forma educativa, sem ser monótono, principalmente num país no qual a educação financeira sequer é cogitada. Mostrar que é possível e que só depende de um pouco de conhecimento e muita persistência, parece ser um desafio e tanto, mas o autor obteve um belo resultado.

Ninguém questiona que o caminho é difícil, que a vida é complexa e que as coisas são como sonhos inalcançáveis para muitas pessoas. Entretanto, a educação financeira e a colocação dos ensinamentos em prática podem auxiliar por um caminho mais tranquilo e tornar aquele sonho impossível numa realidade, acabar com brigas por questões financeiras e trazer uma realidade nova pra quem ainda só sonha com um futuro melhor.

Entre para a Sociedade da Fortuna e descubra a sua verdadeira riqueza. Quem sabe ela já não está com você e só é preciso um sopro pra afastar aquela névoa que a esconde!?

Leitura recomendada!




Endereço para realizar o download do livro ou leitura pela internet:
http://www.sociedadedafortuna.com.br/Sociedade-da-Fortuna-FAAraujo.pdf


Academia.. Hanran, sei como é.

Pode parecer que a academia não seja um investimento e de fato não é, pelo menos não diretamente. (Seria diretamente se tivesse abrindo uma) Mas ela pode ser considerada um investimento indireto e digo isso porque os benefícios que ela pode oferecer influenciam em gastos recorrentes e até mesmo inesperados, como por exemplo: diminuir gastos com remédio, psicólogo, e redução nos gastos com noitadas (Essa é pra quem tá focado!). Por outro lado, podem surgir gastos com suplementação, roupas e sapatos apropriados para a prática do esporte.

Espero que você não seja uma pessoa que paga a academia e não vai. Aliás, só vai no dia de pagamento, dá uma corridinha e exagera, ficando entrevado no dia seguinte. (Isso sim que se chama desinvestimento!) Mas não se preocupe, você não é a única pessoa no mundo que faz ou fez isso alguma vez. Eu sei que é complicado criar ânimo e dispensar energia num empreendimento demorado que pode não resultar no objetivo esperado, mas também sei que com resiliência se alcança qualquer objetivo traçado.

Imagem retirada do site: http://blog.idealshop.com.br/

O fato é: Você quer ficar em forma, sarado, mas investir alguns reais todo mês e reservar tempo para atividades físicas podem ser verdadeiros absurdos pra você. O pior é arranjar tempo e quanto ao dinheiro... nem se fala. Bem, existe uma frase que retrata bem esse momento: "No Pain, no Gain!" E nesse caso pode ser que a sua dor seja a mesma que a minha, dinheiro.

Ainda assim, temos várias saídas para manter a saúde com poucos gastos, como por exemplo: fazendo exercícios em casa ou praticando um esporte. São muitos os exercícios que podem ser feitos em casa e naquela sua academia do prédio, (aquela que enfeita o prédio, porque usar mesmo.. ninguém usa!) utilizando um pequeno espaço e poucos equipamentos ou nenhum. Além disso, existem diversos vídeos no youtube com pessoas orientando, traçando metas e fazendo os exercícios em conjunto. (É preciso verificar a procedência e aconselho a busca de um profissional para que os exercícios não prejudiquem a sua saúde ao invés de ajudar)

Investir um tempo e alguns reais na academia pode não ser aquele desperdício, mas pagar e não ir, com certeza é. Mantenha o foco, não desista e lembre-se: Você está pagando! Então faça valer o seu dinheiro!

Parafraseando o artista: "Vem comigo monstro! Veemmm mooonstro.. "