Debêntures Incentivadas.. Vai e me incentiva!

Antes de entender um pouco mais sobre as debêntures incentivadas, é preciso saber o que são debêntures e porque eu colocaria meu rico dinheirinho nesse tipo de ativo.

Imagem retirada do site: https://accountlearning.com/

O que são debêntures?

Debêntures são valores mobiliários representativos de dívida, que dão a seus detentores um direito de crédito sobre a companhia emissora. (Que bonito! Mas não entendi nadinha..) 

Resumindo, uma empresa precisa de dinheiro e tem as seguintes opções:
  1. Pegar empréstimo no Banco com os juros definidos pelo próprio Banco.
  2. Lançar uma debênture cujo juros será definido pela própria empresa.
Como ela quer pagar menos do que o banco está oferecendo, ela decide por emitir debêntures e assim ela fica devendo para os investidores que decidirem por comprar as debêntures dela.

Imagem retirada do site: www.euqueroinvestir.com

Lembrando que: As debêntures são ativos de renda fixa de risco e não possuem o auxilio do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Com isso, caso a empresa não honre com o pagamento, o prejuízo é todo seu! (Há possibilidade de perda do capital investido + juros)

Porque eu compraria uma debênture?

As debêntures podem ser mais uma forma de diversificação do capital, também podem ser boas fontes de rendimento já que podem pagar um valor maior do que outros ativos e caso seja uma debênture incentivada, não terá o IR (Imposto de Renda) e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) que são vilões do investimento.

Quando eu recebo?

As debêntures emitidas possuem uma data de vencimento, uma forma de abater os juros e de amortização da dívida. (Semestral, Anual ou só no vencimento) 

O que é uma debênture incentivada?

As debêntures incentivadas possuem incentivo do governo, porque os recursos serão usados para realização de projetos voltados para a implantação, ampliação, manutenção, recuperação ou modernização de setores de infraestrutura do país (Por exemplo: Energia, Mobilidade e Telecomunicações).

Prós e Contras de uma debênture incentivada

Prós:
  1. Isenção do IR (Imposto de Renda) sobre os rendimentos para pessoa física e estrangeiros.
  2. Isenção do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)
  3. Diversificação da carteira de investimentos.
  4. Premia com um retorno maior do que outros investimentos de renda fixa.
Contras:
  1. Não possui auxilio do FGC (Fundo Garantidor de Crédito)
  2. É um ativo de baixa liquidez.
  3. Possui o risco de perda do capital investido e dos juros gerados pelo investimento.
  4. Algumas exigem que o investidor seja qualificado *.
* Investir qualificado é quando o investir possui um bom valor em investimentos. Normalmente esse valor corresponde a 1 milhão de reais.
As debêntures incentivadas são oportunidades que precisam ser bem avaliadas. O risco existe, mas pode ser reduzido tomando alguns cuidados como por exemplo:
  1. Verificar se a empresa está classificada como grau de investimento.
  2. Procurar por empresas grandes.
  3. Procurar por empresas que possuem capital aberto, facilitando o acompanhamento da mesma.

Apesar de todo o cuidado, o risco nunca será 0. Então, procure diversificar e diluir o risco nos seus investimentos.

Bons investimentos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me diga o que achou.. comente!