#2


11 / ABRIL / 2019 - Reduzindo custos

Sempre ouvi que os custos, taxas e impostos para quaisquer aplicações financeiras podem ser o maior vilão do poupador.

            Pois bem, resolvi que deveria fazer um pente fino nas minhas contas e resolvi começar pelo banco. Um pacote de serviços não utilizado em sua plenitude é um bom indicativo de que há dinheiro sendo jogado fora. Fui verificar e percebi que não preciso de quase nada daqueles serviços oferecidos no pacote e que tenho direito a um pacote de serviços essenciais (free, gratuito, 0 reais).

Esse pacote de serviços essenciais corresponde aos serviços estipulados pelo BCB - Banco Central do Brasil como essenciais para se ter uma movimentação de conta corrente e poupança. São direitos de todo cliente pessoa natural:

Para contas de depósito à vista (Conta Corrente)
- Fornecimento de cartão com a função débito.

- Fornecimento de segunda via de cartão, exceto nos casos de pedido de reposição formulados pelo correntista decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente.

- Realização de saques em guichê de caixa, inclusive por meio de cheque ou de cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento.
(Até 4 saques por mês)

- Realização de transferências de recursos entre contas na própria instituição, em guichê de caixa, em terminal de autoatendimento e/ou pela internet.
(Até 2 transferências por mês)

- Fornecimento de extrato contendo a movimentação dos últimos trinta dias por meio de guichê de caixa e/ou terminal de autoatendimento.
(Até 2 extratos por mês)

- Realização de consultas mediante utilização da internet
(Não há limite)

- Fornecimento anual de extrato consolidado, discriminando, mês a mês, os valores cobrados no ano anterior relativos às tarifas, juros, encargos moratórios, multas e demais despesas incidentes sobre operações de crédito e de arrendamento mercantil.

- Compensação de cheques.
(Não há limite)

- Fornecimento de folhas de cheque, desde que o correntista reúna os requisitos necessários à sua utilização, de acordo com a regulamentação em vigor e as condições pactuadas.
(Limitado a 10 folhas por mês)

- Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos.
(Não há limite)

Existem definições para conta poupança e para pacotes padronizados que variam, mas esses pontos não me interessam agora porque pretendo passar o valor que tenho como reserva de emergência na poupança para o tesouro Selic. Se você quer saber esses pontos por curiosidade ou precisa saber por algum motivo, entra no site do BCB que lá tem tudo bonitinho.

Agora vamos a parte que interessa. Saindo do pacote que eu tinha contratado para o pacote essencial, obtive uma redução de R$ 74,00 por mês. Para algumas pessoas isso é pouco, mas no apanhado do ano vai significar uma economia de R$ 888,00 bruta. Se pensarmos em investir esse valor no tesouro Selic todo mês, por exemplo, daria: ~R$ 913,77.

Ainda estou pensando no que vou fazer com esse dinheiro “extra”, mas é bem provável que ele entre na reserva de emergência. Assim o valor que preciso para manter a reserva equiparada com meu objetivo será mais facilmente atingida.

Vale ressaltar que alguns pontos poderiam se tornar um empecilho nos momentos em que eu decidisse transferir os recursos da poupança, ou parte deles, para o tesouro direto, já que eu invisto através da corretora e não do banco. Teria que fazer uma TED e isso resultaria em cobrança de uns R$ 9,00 pra cada vez que eu realizasse uma transferência porque não há transferências gratuitas no pacote essencial. Mas como já havia pensado sobre isso, acabei com a seguinte solução para não pagar por essas transferências: eu tenho uma conta no NuBank que não me cobra nada por transferências (TED) e eu consigo transferir valores da minha conta no banco para ela através de pagamento de boletos bancários. Eu gero um boleto no NuBank com o valor que eu quero transferir e pago esse boleto no banco. Pronto, em 2 ou 3 dias úteis, o valor estará na conta do NuBank pronto para ser transferido para corretora. E assim, eu não pago nada pela transferência para o NuBank porque o banco entende como um pagamento de título e não como uma transferência. E pagamentos eu posso fazer quantos eu quiser!

Decidi que a reserva deve corresponder a 1 ano de salário líquido adicionado dos valores recebidos como benefício ao invés de 6 meses de despesa ou qualquer outra opção.

Com base na minha decisão, pude apurar que a minha reserva de emergência na poupança está com 62,32% do objetivo cumprido. Nada mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me diga o que achou.. comente!